Dieta para ganhar massa muscular

Criar uma dieta para ganhar massa muscular é difícil, se levar em conta o biotipo de cada um e suas particularidades como peso, altura, alimentação habitual, gostos, estado de saúde e entre outras.

No entanto, a partir do momento em que se conhece a dinâmica do nosso organismo, é possível criar e adaptar algumas situações com o uso de suplementos, por exemplo.

Em uma dieta normal, são seguidos padrões ideais para ser considerada uma alimentação saudável. Já quando o foco muda para que se estabeleça uma dieta para ganhar massa muscular, devemos considerar algumas situações.

Como planejar minha dieta para ganhar massa muscular?

Primeiramente, que fique bem claro o seguinte: se você tiver condições de procurar uma nutricionista, não pense duas vezes. A dieta para ganhar massa muscular deve ser rigorosamente acompanhada e levada a sério, para melhores resultados.

Inevitavelmente, os melhores resultados somente são alcançados quando seguimos a tríade alimentação-dieta-descanso. É necessário dar o valor que a dieta merece, antes de começar a fazê-la. Uma vez que comece, não pode parar.

Uma dieta para ganhar massa muscular deve ser constituída de proteínas, carboidratos e lipídeos em todas as refeições. Em especial, as proteínas devem ser consumidas para auxiliar no crescimento muscular.

Durante o exercício, são criadas microlesões musculares que são reparadas durante o descanso e com o auxílio de uma boa dieta para ganhar massa muscular.

Para planejar suas refeições, é necessário criar um diário alimentar de acordo com o seu objetivo. Isso quer dizer que você vai fazer uma tabela de domingo a domingo com o que você comeu e o que planeja comer.

A seguir, está na hora de ir para cozinha e começar a criar sua dieta para ganhar massa muscular.

O que comer e como comer?

Existem muitas dúvidas quanto a criação de marmitas fitness para a semana: “conservação, o que escolher, como não sair da dieta para ganhar massa muscular e quais os alimentos que posso utilizar para potencializar meus resultados”.

Uma dieta para ganhar massa muscular inicialmente não precisa ser cara para ser eficiente. Você não precisa comer muito e se apoiar no Whey ou algo do tipo. Algumas coisas simples podem te ajudar:

  • Arroz e feijão: a combinação típica brasileira possui aminoácidos benéficos para a construção de massa muscular. Potencialize seus resultados e substitua o arroz normal pelo integral e o feijão por lentilha ou grão de bico.
  • Sardinha: para ajudar na sua dieta para ganhar massa muscular, escolha peixes com fonte de proteína de alto valor biológico e gordura boa.
  • Ovo: a albumina – proteína de alta qualidade – presente nas claras do ovo cozido é fonte de gordura monoinsaturada e vitaminas do complexo B. Pode ser uma opção bem barata para incluir na sua dieta para ganhar massa muscular.
  • Batata-doce: carboidratos de baixo índice glicêmico e fonte de fibras devem estar inclusos em uma dieta para ganhar massa muscular. Eles auxiliam na contenção da compulsão alimentar (as famosas besteirinhas como a pizza e o chocolate) e são melhor aproveitadas pelo organismo.
  • Aveia: sim, aveia. Na verdade, cereais. O consumo pode auxiliar na falta de algumas vitaminas e potencializar o consumo de proteínas, melhorando sua dieta para ganhar massa muscular de um jeito que você nunca viu.
  • Salada: se você tem o hábito de comer demais, optar por legumes e vegetais cozidos no vapor pode ser uma ótima solução para o seu problema.

Se você pensa em criar um diário e refeições para a semana inteira, busque informações de conservação de alimentos. Todo alimento tem seu prazo de validade diferente. Leve isso em conta, mesmo se for congelar.

Com que frequência comer?

Jejum intermitente ou de três em três horas é uma dúvida frequente. Cada dieta é adaptada para cada tipo de indivíduo, principalmente quando o foco é uma dieta para ganhar massa muscular.

De modo geral, comer de três em três horas pode contribuir para que seu metabolismo continue ativo. Alguns atletas precisam reduzir esse tempo de acordo com seu gasto calórico.

Mas, só comer a partir desses intervalos de tempo não vai te render um resultado absoluto. É preciso gastar mais energia do que consumir para ter melhores resultados, associados ao emagrecimento.

Preciso suplementar durante minha dieta para ganhar massa muscular?

Os suplementos são uma boa pedida quando queremos resultados rápidos e consistentes. Mas é possível consegui-los, mais devagar, somente com a alimentação. Alguns produtos no mercado têm só nome, mas, outros podem potencializar e auxiliar na sua dieta para ganhar massa muscular.

  • WheyProtein: com o Whey, os resultados são mais consistentes pelo simples fato de que consumimos os aminoácidos sem precisar quebra-los diretamente de fontes de proteína. Associado a uma dieta para ganhar massa muscular, os resultados são melhores ainda.
  • BCAA: aqui estão os aminoácidos mais importantes que devem ser considerados na hora de criar sua dieta para ganhar massa muscular, a leucina, a isoleucina e a valina.
  • Cratina: pode ser um ótimo suplemento associado a uma dieta para ganhar massa muscular. Garante aumento de força, explosão muscular em atividades como a musculação e mais disposição para o aumento de cargas.
  • Somatodrol: esse suplemento é energético e contra-indicado para pessoas que sofrem de hipertensão. No entanto, ele fornece aumento de força e explosão muscular. Ou seja: você malha seu máximo e mal sente o peso na hora, só depois.
  • Dilatex: por experiência própria, recomendo fielmente. Esse suplemento dilata os vasos e faz com que exista uma melhor circulação sanguínea. Com isso, os nutrientes chegam mais rápido aos músculos e auxiliam no crescimento.

 Enfim,

Criar uma dieta para ganhar massa muscular demanda muito estudo e tempo. É preciso entender o que se gosta e desgosta antes de começar a escrever no seu diário.

Tenha em mente que sua dieta para ganhar massa muscular deve conter proteínas em sua maioria, carboidratos complexos – de preferência e gorduras para auxiliar em energia.

É possível suplementar ao associar na rotina uma dieta para ganhar massa muscular. Os resultados serão mais rápidos e possivelmente melhores. Mas, suplementar e não se exercitar corretamente pode gerar um efeito negativo. É preciso gastar o que consumir.

Facebook Comments